Como manter os alunos do ensino médio engajados com o aprendizado?

Como manter os alunos do ensino médio engajados com o aprendizado?

alunos do ensino médio

Manter os alunos do ensino médio interessados na escola não é nada fácil. A alta evasão escolar dessa faixa etária é um tema que preocupa a maioria dos especialistas e que deve ser tratado com muita seriedade. Nesse contexto, torna-se imprescindível a escolha de estratégias eficazes para fazer com que esses estudantes fiquem mais engajados nos estudos.

A responsabilidade por essa realidade não recai apenas sobre a escola, mas também sobre os pais e toda a estrutura de ensino. No entanto, é possível, com algumas pequenas mudanças, diminuir esse problema e fazer com que os adolescentes se interessem mais pelos estudos e participem melhor das atividades propostas.

A seguir, conversaremos mais sobre esse tema e explicaremos algumas maneiras de fazer com que os adolescentes que cursam o ensino médio participem do dia a dia escolar e melhorem o seu desempenho e aprendizado. Boa leitura!

Qual é a realidade dos alunos do ensino médio nas escolas?

Em um mundo perfeito, as crianças e adolescentes em idade escolar compareceriam ao colégio na frequência indicada e participariam de todas as atividades propostas pelos educadores, aproveitando ao máximo tudo que o ambiente escolar tem a oferecer e adquirindo todo o conhecimento necessário para enfrentar a vida adulta e o mercado de trabalho.

A realidade, no entanto, nos mostra algo bem diferente. A evasão entre crianças menores de 13 anos não é tão alta, mas a partir dessa idade, ela atinge números preocupantes e se torna ainda mais alarmante durante o ensino médio (etapa que compreende os 3 últimos anos da educação escolar).

De acordo com dados divulgados pelo Ministério da Educação (MEC) em junho de 2017, os números de evasão no ensino médio superam os 12% entre os estudantes. Já números encontrados pelo INSPER (Ensino Superior em Negócios, Direito e Engenharia) mostram que 1 em cada 4 jovens abandonará os estudos nesse mesmo período.

De todos esses alunos, alguns migrarão, posteriormente, para a Educação de Jovens e Adultos (EJA). Outros, no entanto, abandonarão completamente os estudos e se colocarão à disposição do mercado de trabalho sem concluí-los.

As causas para essa defasagem e abandono dos estudos são muito variadas e envolvem alguns fatores, como:

  • vulnerabilidade socioeconômica e necessidade de trabalhar desde cedo;
  • falta de suporte em casa;
  • discriminação ou bullying por parte dos colegas;
  • dificuldades para se deslocar até o local da escola todos os dias;
  • falta de escolas próximas à residência do jovem.

Apesar disso, muitos alunos simplesmente abandonam os estudos por algo que é chamado de ‘’desengajamento’’, ou seja, quando não há um interesse pelo que está sendo aplicado em sala. As causas disso podem ser a falta de infraestrutura no ambiente escolar, a inadequação do currículo à linguagem, as necessidades dos jovens e muitos outros fatores.

Como podemos engajar os estudantes do ensino médio nos estudos?

Para contornar a evasão e fazer com que os alunos se interessem pelos estudos e os concluam com um bom desempenho, é necessário realizar algumas mudanças estruturais na educação como um todo. No entanto, cada escola pode fazer a sua parte para mudar essa situação pouco a pouco. Vamos conferir, a seguir, algumas dicas interessantes.

Capacite toda a equipe

Toda a equipe da escola deve trabalhar em conjunto para garantir que cada vez mais estudantes concluam os estudos. Por isso, invista em capacitação e em atualizações constantes, sempre focando no diálogo direto com o grupo que você quer atingir.

Faça com que toda a comunidade se envolva

Antes de engajarmos os nossos estudantes, precisamos atingir os seus pais e mostrar que eles são bem-vindos no ambiente escolar e parte fundamental do sucesso acadêmico de seus filhos. Para tal, invista em métodos de engajamento e faça com que os responsáveis percebam que podem e devem participar da vida escolar de seus filhos.

Tente dialogar com a linguagem dos estudantes

A maioria dos jovens acha o modo como os adultos se comunicam chato e maçante. Por isso, é necessário tentar adequar o conteúdo à linguagem desse grupo e fazer com que eles se interessem mais pelas disciplinas, mostrando como elas fazem parte do dia a dia.

Utilize propostas que cativem o interesse dos estudantes

Ainda falando sobre a abordagem, é importante utilizar conteúdos com os quais os jovens se identifiquem para captar a sua atenção. Use, por exemplo, músicas, séries ou filmes para exemplificar os temas e faça com que a sua equipe construa as aulas a partir daí.

Faça passeios e pesquisas de campo

Explorar e sair do ambiente da sala de aula é muito importante para construir o senso de sociedade e distrair a mente de seus estudantes enquanto eles aprendem. Por isso, as excursões e as pesquisas de campo são extremamente recomendadas para quebrar a mesmice do dia a dia letivo e tornar os alunos mais engajados.

Invista em novas metodologias

Algumas metodologias diferentes, como a STEM (ciências, tecnologia, engenharia e matemática), podem ser uma ótima alternativa para garantir o engajamento dos estudantes. Elas trazem um novo modo de encarar os estudos e tornam o ensino muito mais dinâmico e participativo, muito diferente do que estamos habituados a ver.

Traga a tecnologia para a sala de aula

Como mencionado anteriormente, a abordagem de novas metodologias é fundamental para engajar os jovens em seus estudos. Por isso, traga a tecnologia para a sala de aula e mostre que você está disposto a falar a língua de seus alunos. Tecnologias mobile, por exemplo, são interessantes, e a maioria dos adolescentes está habituado com elas em seu cotidiano.

Como podemos observar, engajar os alunos do ensino médio não é algo impossível. Com algumas mudanças estruturais na instituição de ensino, uma maior participação da família dos estudantes e uma preocupação em falar a linguagem dos adolescentes, é possível mudar a realidade de nossa educação e tornar os jovens muito mais participativos!

Gostou do artigo? Se interessou pela metodologia STEM e acredita que ela seria uma boa maneira de melhorar o engajamento dos adolescentes em sua escola? Então, confira o nosso post sobre a educação STEM e todas as suas vantagens!

Conheça os benefícios da metodologia STEM na educação infantil
Post anterior Conheça os benefícios da metodologia STEM na educação infantil
Comunicação escolar
Próximo post 6 dicas práticas para melhorar a comunicação escolar
Close